02 abril 2006




Dos novos desenvolvimentos sociais, politicos e militares que se observam nos tempos que nos acometem, nasce uma visão e uma ideia depois de tudo o que sofremos. Vê então a luz o BODA (Brigadas Ofensivas e Defensivas Algarvias). O BODA não pactua nem faz reféns, não diz sim nem baixa as calças, não negoceia nem pede com licença. Temos pena e, a sério que não queriamos, mas cá está o braço armado dos BIFs nasce com grande estrondo e destruição (prevista).
Tudo a postos e a logistica a ser tratada (canivetes da serra da estrela, porém com o logo "axigãs do rio seco", e gêtres para cada combatente da liberdade, por agora) para que cada BIF se possa transformar num navio de destruição, caos e morte.
Sem piedade marchamos...
VIVA FARO, VIVA O CRUAÇANTE MISTO E O OS PATOS DA ALAMEDA

2 comentários:

  1. Estou maravilhado com este novo veículo ao serviço da nossa instituição. Imagino já patrulhamentos "lá em baixo" a manter o caos e destruição necessários para renovar a cidade de Faro.
    Sugiro no entanto, a compra, de pelo menos um panzer para passar por cima de qualquer problema indesejado.

    MòI Ói!

    ResponderEliminar
  2. Gostava igualmente de pedir, em seguimento ao meu caro colega, um UMM para transporte de tropas e mercadorias, assim como uma Chaimite pra "rapid deployment" de tropas... qual hummers qual quê, viva o produto nacional e o tradicional, em que todo o mecanico de beira de estrada com o belo do poster da Samantha Fox no fundo da garagem sabe arranjar...

    Tenho dito. Mói Ói!!!

    ResponderEliminar