31 julho 2009

Bem,

Depois de ler o que o shôre presidente postou, e ter secado a lágrima que teimava em aparecer no canto do olho, resolvi pôr perspectiva na cena. Porque pessoal que não nos conheça, depois de ler isto, corre o risco de ficar impressionado, quiçá, maravilhado com o Movimento, imaginando-nos excelsos membros da comunidade local, responsáveis e exibindo maturidade como um babuíno exibe as duas bordas vermelhas do rabo quando está no cio.

Não é bem assim. Por exemplo, na primeira vez que o meu irmão resolveu apresentar a namorada ao pessoal, a conversa girou intensamente à volta de sexo anal. De uma forma menos suave, vamos pôr assim.

sometimes people deserve to have their Faith rewarded

Nunca tive muito o dom da palavra.

Por vezes tenho sentimentos que não sei muito bem como exprimir. Como por exemplo o que sinto por esta amizade a que nos habituámos nos últimos anos a chamar de BIF.

Sinto por vezes que muito do que sentia e pensava quando era mais novo acabou abafado pelo passar dos anos, das experiências, do dia-a-dia. Tempo a mais a trabalhar, tempo a menos a viver a vida com quem mais importa, talvez. Concerteza que sentem isso também, com maior ou menor intensidade.

Tento aprender a não arrepender-me de nada, já que se não fosse a educação que tive, a Fé que alimento, a religião que abracei, a dedicação que dei aos estudos... se calhar não teria essas pessoas, vocês, a minha família, a Susana. Não seria eu.

Há alturas em que tudo explode cá dentro e todas essas emoções vêm acima num único momento. Sempre tentei exprimir isso o melhor que pude, a maior parte das vezes de uma forma demasiado atabalhoada. Nalgumas alturas foi convosco, e penso para mim "olha...tentei passar a mensagem o melhor que pude. Espero que a intenção conte".

Escrevo estas linhas não sei muito bem com que sentido, mas com um espírito de partilha tremendo.

Escrevo estas linhas no fim de 7 meses em que comecei a aprender, finalmente, a acreditar em mim profissionalmente, ao lidar com todo o tipo de situações inesperadas e pessoas diferentes, à sua maneira, que me obrigaram a deixar de duvidar de mim.

A crescer.

Amanhã irei para o sítio a que sempre chamei casa. Tentarei partilhar tudo isto com as minhas gargalhadas bem sonoras, o meu raciocínio nem sempre claro e a gestão nem sempre correcta dos gestos e acções.

Trago comigo uma bagagem de emoções que não sei muito bem como lidar.

O que mais quero é descansar junto das pessoas que mais amo.

E por mais tonto que seja... tudo isto veio ao de cima, no final de uma noite bem bebida, com a criança que há em mim e que desde cedo se alimentou e tentou identificar-se em personagens fictíficas, espalhafatosas alguns diriam... como o final de um filme de um simples personagem de BD.

Não podemos fugir de quem somos.

Não devemos.

É essa a mensagem, no fundo.


El Presidente

30 julho 2009

Isto um gajo ate quer escrever qualquer coisinha, mas está tudo tão parado que não há motivo ou razão aparente para deixar cair o poste cá no tasco. Por outro lado, sábado chego a Faro. Quem é que anda por lá por estes dias (descontando os habituais)?

27 julho 2009

Porque sim

O shore engenheiro aceitou o desafio do Shore presidente e foi ate la. A influencia bifiana lentamente alastra-se no mundo cibernético...(para ler com gargalhada maléfica aqui)

E faltam 4 dias...

Não é que tenha grande coisa contra o Big Brother. Se uma porrada de gajos e gajas decidem que é boa ideia enfiarem-se numa casa durante não sei quanto tempo e sujeitar-se a cena, é lá com eles. Nem contra as pessoas que curtem o programa. Porque há muitos. Por aqui o raio do programa conta com dez anos, e de certeza que a coisa não corria senão existissem audiências. E eu sou só um. Insultar quem acha piada aquilo não é a melhor estratégia, parece-me.

O que me fode é que além disso, não se passa mais nada na merda do canal que mais vejo. De repente vejo-me entre a escolha de assistir aquilo ou entreter-me com um programa em que se vende antiguidades. Quatro dias, a ver gente em fila na esperança de que o serviço de chá da tia que tinha três mil gatos e um bigode fodido valha alguma coisa. Ate porque aturam o raio da mulher durante não sei quantos anos, e se há justiça no mundo, agora estão ricos. E acabam por ouvir dizer que, se aquilo ainda estivesse na embalagem original, ainda ganhavam qualquer coisinha, mas assim nem lhes paga a gasolina que gastaram para chegar ao programa. Aposto que as velhotas la em cima se fartam de rir com isso.

4 dias disto...

Óh Senhore Arquiteto! Senhore Arquiteto! Parabéns!

Ao camarada Nazdrowie um grande abraço de parabéns. Muita saúdinha para o Sr. Arquitecto, com direito a uma "menina da Kookai" ou uma "Fatinha".

24 julho 2009

21 julho 2009

Transferência de Embaixada BIF


Meus caros a embaixada de Sines está prestes a transferir-se para... Madrid! Sempre portas abertas em localização ainda desconhecida.
Não espero recepção menor que a dada a este tronco que se apresenta aqui à direita!

19 julho 2009

The Expendables

The Expendables

Este vai ser o filme mais badass de todos os tempos. O filme ideal para ver com um pacote grande de pipocas, o Doc Soares de um lado e o Excelso Presidente do outro.
Escrito e realizado por Sylverster Stallone, tem uma sinopse que promete:

"Uma equipa de mercenários vai até à América do Sul com a missão de derrubar um ditador."

Mas o genial é mesmo o elenco, principalmente para quem cresceu a ver filmes de explosões e karaté nos anos 90. Imaginem esta cambada toda junta:
Sylvester Stallone
Arnold Schwarzenegger
Dolph Lundgren
Eric Roberts
Jet Li
Mickey Rourke
Jason Statham

Aparentemente o Stallone tentou trazer o Van Damme, o Wesley Snipes e o Kurt Russel, mas estes não aceitaram. O Van Damme não aceitou o papel (que acabou pro ir para o Dolph Lundgren) por "falta de substância da personagem"!! Brilhante.
Se houver uma sequela não espero nada menos que o Chuck Norris, o Steven Seagal e o Jackie Chan!



Estreia em Abril de 2010!

\m/ "It's getting nice and heavy....." \m/

Tenho a certeza que vai haver uma facção bifiana a rir pra caraças com este vídeo.



18 julho 2009

Scatman John

Antes de mais, estou a trabalhar. Mais ou menos...



Descobri isto e não pude deixar de por aqui. Um mapa de Portugal, aparentemente do sec. 16, delineando as fronteiras do reino de Portugal. Um gajo encontra umas merdas estranhas na wikipedia. Bem, de qualquer maneira, é de notar que o Algarve não ta incluído na cena...
Entre outros pormenores interessantes, conta-se o facto de que o Algarve foi reino separado de Portugal até 1910 (pelas razoes óbvias), e de que também foi a primeira região que se livrou da ocupação francesa. Por algum motivo um general francês qualquer achou que era boa ideia meter-se com o pessoal de Olhão. Ai magano!!

11 julho 2009

ahahahahahahahaha

hahaahahahhahaahhaahahhahahahaahahaaaahahhragagagragweahtrdfyghujioçpç~9iº0çy8iufyghmfx

10 julho 2009

Sim é mesmo verdade!!

Para a malta que gosta de metal a descair assim mais para o progressivo, comecem a exercitar os headbangers porque em Outubro isto vai ser uma maravilha.
Isto tudo só para dizer que a PROGRESSIVE NATION TOUR este ano vai passar por Portugal, mais precisamente pelo Palácio Cristal (Porto). Isto só assim pelo nome da coisa não soaria nada demais (mas que raio é essa merda do progressive não sei quantos??!!) se esta tour nao juntasse Dream Theater e Opeth no mesmo palco. Ah pois é meus amigos, vêm só duas das bandas mais metal/progressivas (de acordo com o cenário músical actual) do planeta (não descurando dos Meshugga claro!). Para quem estiver interessado no cartaz fica aqui a dica:

http://europe.progressivenation2009.com/

Evento único


Meus amigos deixem lá o David Mateus e a charanga dele q este fim de semana é hora de correr rumo a Perosinho, VN Gaia. Sim eu disse Perosinho, eis q depois de nos dar a BÁNESSA Fernandes e o seu mui gritante pai, Venceslau, nos apresenta esta pérola:

FESTIVAL ERÓTICO MEDIEVAL DE PEROSINHO

http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1302690&seccao=Norte
http://www.festivaleroticomedieval.com/

Vou para introspecção...

08 julho 2009

E o assunto morreu...

Tá um dia lento por estas bandas. Por hoje o trabalho tá fraquinho e tal e o João bazou de volta para Portugal, depois de ter representado o Movimento na Caledónia. Deixo as cronicas do que se passou lá em cima para o gajo contar aqui. Mas aviso já que envolve motards de barba e motéis baratos...
Voltando a falta de assunto, isto tá um bocado parado, pelo que decidi recorrer ao truque barato de postar um vídeo. Previsível como sou, fico-me por Pearl Jam. Com o pormenor de dizer que o gajo das teclas é descendente de navegantes portugueses que pararam no Hawaii e deixaram a sua marca. O costume...


05 julho 2009

O Publico diz que há cada vez menos Kátias Vanessas

Aparentemente. O que levanta questões importantes, das quais uma das não menos pertinentes é tentar adivinhar o futuro da musica pimba. Será que vamos começar a ter pimbalhada com nome de gajo beto? Imaginemos um Afonso Duarte a tentar cantar o bacalhau quer alho. Não fica bem. De todo. Como adido cultural do Movimento proponho que acabemos com esta fantochada. Ta em risco toda a herança cultural de um Nel Monteiro ou de um Quim Barreiros, isso sim nomes de jeito na cena musical ligeira portuguesa.
Outra pergunta que também surge, assim de repente, é que não deve tar a acontecer grande coisa por ai, para isto ser noticia com honras de grande importância no publico online...

04 julho 2009

É uma afirmação fantástica!!!

Bom, não deixem de ler o post abaixo sobre o John e a sua missão anglo-saxónica junto do Mansini, mas não podia deixar de pôr este post.

Isto é genial. Benfiquismo em estado puro?



Bem, aparentemente o Michael Jackson morreu...

Pareceu-me bem dizer qualquer coisa sobre o assunto, só para dizer que o blog está actualizado. Alcançado o objectivo.

Posto isto, o João Pequeno passou por estes lados na epopeia que é fazer Albion de uma ponta a outra. Eu consigo pensar em ilhas mais apetecíveis para fazer a cena, mas como o gajo decidiu passar por aqui e por a conversa em dia, não me posso queixar muito....Dois dias fixes, que ainda se hão de repetir para a semana, porque tudo o que sobe, tem que descer. Entretanto, como o gajo ta afastado da civilização na Escócia ponho aqui que o cabrão chegou ontem ao ponto mais norte. Esperemos que não volte de kilt a esvoaçar, tipo a comando, que um gajo só tem um limitado numero de traumas que consegue esquecer.

E so para me foder o juízo, tem tado um calor que não se pode. Dado que ouvi "epá, isto não é bem como tu dizias."